Campanha da Fraternidade 2020

A partir da mensagem do papa Francisco, que fala do planeta como Casa Comum, a CF/2020 defende o meio ambiente e questiona atividades econômicas que visam apenas o lucro

Manaus – Na Quarta-Feira de Cinzas deu-se início à Campanha da Fraternidade de 2020, promovida pela Igreja Católica e com o tema  ‘Fraternidade e Vida: Dom e Compromisso’. Já o lema é: ‘Viu, sentiu compaixão e cuidou dele’ (Lc 10, 33-34).

O trecho bíblico faz parte da parábola do Bom Samaritano. Jesus narra que uma vítima da violência agonizava na estrada. Várias pessoas viram e nada fizeram. Somente um samaritano, pessoa mal vista pela sociedade, parou, viu a situação e ficou compadecido. Levou o ferido para ser cuidado e o ajudou até restabelecer sua saúde.

A CF/2020 trata do cuidado e da defesa da vida. De todas as formas de vida do planeta. Trata da solidariedade e ajuda a quem necessita e para quem sofre.

Seu objetivo geral é “conscientizar, à luz da Palavra de Deus, para o sentido da vida como Dom e Compromisso, que se traduz em mútuo cuidado entre as pessoas, na família, na comunidade, na sociedade e no planeta, nossa Casa Comum”.

E denuncia injustiças e situações que atentam contra a vida no Brasil: milhões de desempregados; crescimento da depressão, suicídios e feminicídio; mortes por armas de fogo e no trânsito; agressões aos povos indígenas e conflitos por água e terras.

A banalização da vida com o aumento da violência, das mentiras e das fake news nas redes sociais; a redução de políticas na assistência social, saúde, educação e moradias também são lembrados na campanha.

A partir da mensagem do papa Francisco, que fala do planeta como Casa Comum, a CF/2020 defende o meio ambiente e questiona atividades econômicas que visam apenas o lucro.

E traz como boa samaritana e exemplo de solidariedade a Irmã Dulce, declarada santa pelo papa em 2019, por ter sua vida dedicada aos pobres e doentes das ruas de Salvador. Hoje lá existe uma das maiores obras de amparo à saúde dos mais necessitados.

Podemos ser o bom e a boa samaritana. Cada um em sua atividade, profissão, família e comunidade. A ação política precisa se espelhar na mensagem da CF/2020.

*Deputado federal (PT) e economista