Quando começamos a envelhecer?

Desde o momento que nascemos é dada a largada no processo de envelhecimento. Envelhecer não é sinônimo de rugas na pele

Você já se fez essa pergunta. Quando começamos a envelhecer? Então, desde o momento que nascemos é dada a largada no processo de envelhecimento. Do ponto de vista biológico, totalmente natural. Por isso, é importante essa preparação desde cedo. Afinal de contas, envelhecer não é sinônimo de rugas na pele.

Na prática, à dúvida não deveria ser quando, mas sim, como? Cada passo na vida envolve valores morais, éticos e crenças pessoais que formam um perfil do individuo rumo a sua relação com envelhecimento. A genética não pode ser ignorada, mas acreditar que os cabelos brancos e outras alterações comuns significam estar velho, é uma visão superficial de todo o caminhar.

O comportamento é fundamental para a longevidade e se relaciona com as escolhas feitas durante toda a vida. É importante salientar que os reflexos do envelhecimento, não devem ser vistos como um castigo ou mesmo como premiação. São fruto de complexas relações do indivíduo, suas vivencias e opções. Devendo ser respeitadas, na medida que a busca pela saúde é uma unanimidade no mundo em que vivemos.

Todos nós construímos uma história, e o envelhecimento deve ser celebrado como uma oportunidade e uma conquista. Vivemos um período de pandemia. Deveríamos nos regozijar de estarmos vivos e nos cercar de gratidão. Se no fundo, nosso objetivo da vida é ser feliz, que busquemos a felicidade e um envelhecimento pleno e saudável com responsabilidade e sensatez.

.

*Médico oftalmologista. Tem formação em Oftalmogeriatria, com especialização em Gerontologia e Saúde do Idoso. Atua como diretor clínico na Policlínica Codajás, é coordenador do ambulatório de oftalmologia na FUnATI (Fundação Universidade Aberta da Terceira Idade ) e cursa mestrado em Doenças Tropicais e Infecciosas pela Fundação de Medicina Tropical (UEA/FMT – HVD)

Anúncio