Ateliê se nega a fazer convite para casal gay e fala em “heterofobia”; ENTENDA

Casal afirmou que solicitou ao ateliê o orçamento dos convites para o evento, que deve ocorrer em setembro deste ano

São Paulo — Donos de um ateliê de São Paulo foram criticados nas redes sociais após se recusarem a fazer o convite de casamento de um casal de homens gays. O caso foi denunciado nesta terça-feira (23). As informações são do site metrópoles.

(Foto: Reprodução/ Instagram)

Em relato, o casal afirmou que solicitou ao ateliê o orçamento dos convites para o evento, que deve ocorrer em setembro deste ano. Eles estavam sendo tratados normalmente na conversa, até mencionaram o nome dos noivos, que são dois homens.

Em seguida, a empresa informou que não faz “convites homossexuais” e orientou aos noivos que procurassem outra papelaria.

blank

(Foto: Reprodução)

A mensagem foi publicada nas redes sociais e gerou grande repercussão e revolta entre os internautas que foram à página da empresa se manifestar contra o caso.

O casal informou ainda que registrou um boletim de ocorrência na Polícia Civil por crime de homofobia.

Com a repercussão do caso, os donos do ateliê publicaram um vídeo no Instagram confirmando que não aceitam encomendas para casamentos e eventos homossexuais .

Na publicação, que foi posteriormente apagada, a empresa disse “não aguentar mais tantas críticas e questionamentos” e ainda citou “heterofobia” no pronunciamento.

Pelo stories, eles ainda postaram: “Foi por conta dessa mensagem que nos tornamos homofóbicos”.

blank

 

Anúncio