Avião da FAB com destino ao Haiti sofre pane na Serra do Cachimbo, no Pará

Aeronave levava medicamentos e equipes para auxiliar desabrigados do terremoto no Haiti. Viagem sofrerá atraso

Serra do Cachimbo – O avião de transporte KC-390 Millennium, da Força Aérea Brasileira (FAB), que decolou na manhã deste domingo (22) levando ajuda humanitária para Porto Príncipe, capital do Haiti, sofreu uma pane na região da Serra do Cachimbo, no Pará, no início da tarde, conforme apurado pelo R7. O problema foi identificado em solo, durante abastecimento previamente planejado, e houve a necessidade da troca por outra aeronave do mesmo tipo.

A missão continua, mas, com isso, a saída do avião do Brasil sofrerá um atraso. Há uma parada planejada em Boa Vista (RR) antes de deixar o país, e a decolagem para o Haiti foi reprogramada para as 8 horas, “devido às restrições de disponibilidade de horários para pouso em Porto Príncipe”, segundo a FAB. A aeronave levava medicamentos e equipes de resgate para auxiliar a população do Haiti após um terremoto de magnitude 7,2 atingir o país último dia 14. A missão humanitária multidisciplinar envolve os ministérios da Justiça, Defesa, Saúde e Desenvolvimento Regional.

De acordo com o Ministério da Defesa, o avião leva 7 toneladas de materiais e equipamentos de emergência, além de mais 3,5 toneladas de medicamentos e insumos do Ministério da Saúde.

Foram enviados kits usados em situações de desastres, que podem atender até 50 mil pessoas. Também foram levados macas, colares cervicais, biombos, insulina humana tipo regular, medicamento que tem ação rápida em casos de choque, ocasionado pela diminuição anormal do volume do sangue.

Na aeronave viajavam 32 bombeiros, do Distrito Federal, Minas Gerais e da Força Nacional, especialistas em buscas e resgates em escombros. Com eles, dois cachorros treinados para este tipo de operação.

*Com informações do R7

Anúncio