Bebê morre após ser jogada da janela pelo pai

O pai da criança chegou a fugir, mas depois se entregou à polícia

Minas Gerais – A bebê Isabela de Aguilar Loesch, de 57 dias, morreu após ser jogada pela janela pelo próprio pai, um homem de 26 anos. O crime aconteceu por volta das 19h50 em Teófilo Otoni, região leste de Minas Gerais.

(Foto: Reprodução / Arquivo Pessoal)

De acordo com a Polícia Militar, vizinhos informaram que escutaram gritos do casal no apartamento em que a mãe morava com a criança. A bebê foi socorrida por moradores e levada à Unidade de Pronto Atendimento da Cidade, mas não resistiu e morreu ao dar entrada na unidade.

A mãe, uma mulher de 36 anos, informou à polícia que não morava mais com o pai da criança e que ele só frequentava o imóvel para ver a filha. Ela informou que estava cozinhando no momento da discussão e depois que foi olhar a panela no fogão, voltou e se deparou com a criança caída na rua.

A avó da criança informou aos policiais que o casal tinha um histórico de brigas. O pai teria agredido a mãe durante a gravidez com socos na barriga. Após jogar a própria filha pela janela, o pai fugiu. A polícia começou a fazer buscas pela região.

Durante as buscas, o pai ligou para um policial e disse que estava arrependido e que se entregaria. Ao combinar um local, as viaturas foram até o endereço e prenderam o homem em flagrante. O caso foi registrado na delegacia da região.

Anúncio