Boate Kiss: novo julgamento é agendado para 26 de fevereiro

Em agosto do ano passado, o júri foi anulado pelo TJRS após a defesa apontar diversas falhas como a escolha dos jurados

Rio Grande do Sul- O novo julgamento dos quatro réus pela tragédia na boate Kiss foi agendado para 26 de fevereiro. A decisão foi divulgada pelo TJ-RS (Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul) nesta quinta-feira (21).

(Foto: Wilson Dias/Agência Brasil/Arquivo)

Em 27 de janeiro de 2013, a casa de shows pegou fogo e causou a morte de 242 pessoas e deixou 636 feridas.

O júri anterior – que ocorreu em dezembro de 2021 – foi anulado por decisão da 1ª Câmara Criminal do TJRS e, posteriormente, mantido pela 6ª Turma do STJ (Superior Tribunal de Justiça).

Serão julgados: Elissandro Callegaro Spohr (sócio da boate), Mauro Londero Hoffmann (sócio da boate), Marcelo de Jesus dos Santos (vocalista da Banda Gurizada Fandangueira) e Luciano Bonilha Leão (produtor musical).

Anúncio