Cão de raça brasileira tem a mordida mais forte do mundo, diz especialista

Além do fila-brasileiro, os profissionais elencam outras 7 raças com a mordedura mais poderosa do globo terrestre

São Paulo – Os cachorros são animais que amam e que são amados por seus tutores; no entanto, existem situações que os desagradam, e sua forma de expressar esse desconforto pode ser um pouco bruta. Seja um pinscher ou um american bully xl, em um momento de diversão ou raiva, o maior cuidado que o humano deve tomar é com a mordida dos cães.

(Foto: Reprodução Instagram @filabrasileiro)

Esther Halfon, veterinária integrativa, comenta que as raças com a mordida mais forte do mundo são, geralmente, as maiores e musculosas, com mandíbulas fortes e dentes afiados.

Nessa situação, uma raça chama a atenção de Fernando Lopes, comportamentalista e adestrador animal. “Foi feita uma medição, pelo CBKC [Confederação brasileira de cinofilia], do fila-brasileiro, e ele é considerado o cão com a mordida mais forte do mundo. Para se ter uma noção, ela pode chegar a 70 kg”, explica.

“Já foram feitos alguns estudos com esse cachorro aqui, na América do Sul, mas, talvez por ele ser brasileiro, não deram muita atenção. Fizeram a mensuração há uns 10 anos das mordeduras de cães da raça fila”, finaliza.

 Sete raças que mordem forte

Esther ensina que a mordida de um cachorro é medida, normalmente, em libras por polegada quadrada (PSI). Veja a lista, que a veterinária integrativa organizou, das 7 raças de cães com a mordida mais forte do mundo, além do fila-brasileiro:

1. Kangal (743 PSI)
2. Bandog americano (730 PSI)
3. Cane corso (700 PSI)
4. Dogue de Bordeaux (556 PSI)
5. Mastim inglês (552 PSI)
6. Presa Canário (540 PSI)
7. Dogo argentino (500 PSI)

Anúncio