‘Carlinhos Cocaína’ é morto pela PM na Cidade de Deus

Outro criminoso morreu e dois estão internados em estado grave; Carlinhos estava na alta cúpula do tráfico há mais de 30 anos

Rio de Janeiro – Carlos Henrique dos Santos, conhecido como ‘Carlinhos Cocaína’, um dos líderes da maior facção criminosa do Rio de Janeiro morreu, na manhã desta sexta-feira (12), durante uma operação da Polícia Militar na Cidade de Deus, na zona oeste. Carlinhos Cocaína estava na alta cúpula do tráfico de drogas havia mais de 30 anos.

(Foto: Divulgação Disque Denúncias RJ)

Segundo informações da RECORD, outro criminoso morreu e dois estão internados em estado grave no Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca. Eles foram interceptados por policiais do 18º BPM (Jacarepaguá) quando tentavam fugir da comunidade.

Em nota, a Polícia Militar confirmou que agentes estão na Cidade de Deus desde as primeiras horas da manhã.

Vida de luxo do traficante

Em 2019, a Polícia prendeu a mulher de Carlinhos Cocaína. Ela foi localizada em uma mansão avaliada em mais de R$ 2 milhões no Anil, em Jacarepaguá, na zona oeste.

As investigações apontaram que a mulher era responsável por lavar o dinheiro do crime organizado. No total, mais de R$ 5 milhões em imóveis que pertenciam a Carlinhos foram apreendidos.

Na época, o setor de inteligência da Polícia Civil identificou gastos superiores a R$ 400 mil em artigos de luxo pela família do traficante.

Anúncio