CNJ lança aplicativo para egressos do sistema prisional

Programa permite emitir documentos, acompanhar processos, inserção no mercado de trabalho e qualificação profissional

Brasília – O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) lança nesta terça-feira (20) um aplicativo para egressos do sistema prisional que tem como objetivo oferecer serviços e informações para auxiliar essas pessoas na retomada da vida após o período detido.blank

O aplicativo, chamado Escritório Social Virtual, já foi colocado em funcionamento no Distrito Federal (DF) em uma experiência piloto e agora será disponibilizado em todo o País.

blank

Objetivo do aplicativo é oferecer serviços e informações para auxiliar os detentos na retomada da vida (Foto: Marcello Casal Jr. / ABr)

Entre os serviços viabilizados pelo aplicativo estão emissão de documentos, acompanhamento de processos envolvendo o indivíduo e programas de inserção no mercado de trabalho e qualificação profissional.

Também serão indicados serviços relacionados a políticas públicas de moradia, saúde e alimentação. As informações e serviços complementam a assistência que já é realizada presencialmente no âmbito do programa Escritório Virtual.

O aplicativo foi desenvolvido a partir de uma parceria entre o CNJ, a Universidade de Brasília e a Fundação de Amparo à Pesquisa do DF, órgão de fomento à produção de conhecimento e inovação na capital do País.

Anúncio