Criminosos rendem piloto no ar e sequestram helicóptero no Rio; veja vídeo

Criminosos simularam voo particular e, com arma, deram ordem para ir para Complexo Penitenciário de Bangu, segundo a polícia

Rio de Janeiro – Um piloto da Polícia Civil do Rio de Janeiro, que conduzia um helicóptero particular, precisou fazer uma manobra enquanto sobrevoava o Batalhão da Polícia Militar em Bangu, zona oeste do Rio de Janeiro, para fugir de dois criminosos que o renderam durante o voo.

Bandidos rendem piloto no ar e sequestram helicóptero no Rio. (Foto: Reprodução)

De acordo com a polícia, duas pessoas contrataram um voo particular do Rio para Angra dos Reis, na Costa Verde. No final da tarde, informaram que voltariam neste domingo (19). Como o piloto que fez o voo não estava se sentindo bem, um outro colega decolou.

Durante o trajeto, o piloto foi rendido já no ar, com uma arma, e recebeu a ordem de ir até o Complexo Penitenciário de Bangu. Segundo informações da polícia, os sequestradores queriam que o piloto sobrevoasse a penitenciária.

Os bandidos desistiram do plano e mandaram o policial conduzir a aeronave para Niterói, região metropolitana do Rio, onde saltaram do helicóptero em uma área de mata.

Em seguida, piloto pousou no grupamento da PM. Buscas foram realizadas na região para localizar os bandidos.

O caso foi registrado na Draco (Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas e Inquéritos Especiais), que será investigado para identificar, prender os bandidos e esclarecer todos os fatos.

Assista ao vídeo abaixo com a entrevista com o piloto sequestrado:

Anúncio