Cuidadora é presa após mãe flagrar agressão a filho autista

O caso foi registrado após a mãe perceber uma atitude estranha e decidir analisar as imagens das câmeras instaladas na casa

Rio de Janeiro – Uma cuidadora, de 65 anos, foi presa em flagrante após agredir um menino autista, de 11 anos, em Bento Ribeiro, na zona norte do Rio de Janeiro.

(Foto: Reprodução / Record Tv Rio)

A mulher passou por audiência de custódia e teve a prisão convertida em preventiva.

O caso foi registrado após a mãe da criança perceber uma atitude estranha e decidir analisar as imagens das câmeras de segurança instaladas na casa.

“O que aconteceu nesse dia foi algo atípico. Pedia para ela vir quando estava eu estava de serviço. Mas, nesse dia, cheguei de manhã e precisava dormir. Ela ficou com ele, e eu dormi com o mais novo. Quando acordei, fui pegar um objeto na bolsa. Olhei para ela, vi que estava dormindo no sofá, mas não quis acordar. Meu filho fez algum tipo de movimentação, que ela o puxou para trás. Vi a cotovelada, mas não tinha 100% de certeza do meu ângulo de visão. Mas tinha certeza que não era uma movimentação normal ou uma brincadeira, como ela tentou dizer”, disse Marcele.

De acordo com a mãe do menino, foi possível ver o momento em que a cuidadora atingiu a criança com uma cotovelada e puxou o menino de maneira brusca.

Em outro momento das gravações, o menino foi empurrado do sofá ao ver a mãe chegar em casa pela agressora.

Ao perceber o ocorrido, a mãe da criança, que é policial militar, dispensou a cuidadora e acionou a polícia após analisar as imagens das câmeras de segurança.

Na delegacia, a cuidadora, que já trabalhava havia um ano com a família e era indicação da família paterna, negou as agressões, mas acabou presa em flagrante por causa das imagens.

Anúncio