‘Difícil contratar quem tem filhos’, diz recrutador de empresa para mulher

Recrutador atrasou a entrevista de emprego e depois disse que a mulher teria “compromissos de um desempregado”

São Paulo – Uma mulher viralizou nas redes sociais ao compartilhar o print de uma conversa que teve com um recrutador de empresa. Ela havia divulgado o seu currículo em busca de um emprego, uma firma se interessou e marcou a entrevista online para as 8h, porém o recrutador não apareceu.

(Foto: Reprodução Redes Sociais)

As imagens mostram que às 7h51 Samara Braga, que mora em Cariacica, cidade do Espírito Santo, pede o link ao recrutador, identificado como Fábio, mas ele não responde. A mulher insiste e, às 8h44, chama o homem novamente, mas sem retorno.

Três horas depois do horário que eles haviam marcado, o recrutador liga para Samara, que não atende. Na sequência, ele manda uma mensagem e pede para começar a entrevista. A mulher responde e explica que, no momento, não conseguiria e pergunta se ele teria disponibilidade no fim do dia. “Tenho muitos compromissos, não consigo”, responde Fábio.

“Compromissos de um desempregado”

Ela explica que também tinha compromissos naquele momento, então o recrutador é irônico e diz: “Posso imaginar a rotina de tantos compromissos de um desempregado”. Samara rebate e afirma que não é porque está desempregada que precisa ficar disponível o dia inteiro. Ela explica que, naquele momento, estava organizando as coisas para levar o filho à escola.

“Sempre difícil contratar quem tem filhos mesmo. Uma dica: foque no que quer”, responde o recrutador. A conversa continua até que o homem afirma que ela não era a profissional que a empresa estava buscando.

A publicação em que a mulher mostra essa conversa gerou mais de 26 mil curtidas no LinkedIn, 3.800 comentários e 380 compartilhamentos.

Samara recebeu comentários de apoio e outros de crítica, além de relatos de pessoas que já passaram pelo mesmo constrangimento.

“Fez muito bem em compartilhar o ocorrido, visto que, além de ser um absurdo e intolerável, não é um caso isolado. Até quando nós, mulheres, vamos lidar com dificuldades no mercado de trabalho pelo fato de sermos mães?”, questionou a profissional de marketing Brunelle Souza.

Por outro lado, o consultor de tecnologia Guilherme Guedes reprovou a atitude de Samara e disse que, se fosse com ele, ficaria preparado para realizar a entrevista o dia todo, mesmo se atrasasse.

Anúncio