EUA anunciam assistência adicional de US$ 2,5 milhões para combater Covid-19 no Brasil

Parte dos recursos fornecerá apoio imediato às comunidades vulneráveis da Amazônia

Brasília – Os Estados Unidos anunciam assistência adicional de US$ 2,5 milhões ao Brasil, para mitigar os impactos à saúde e socioeconômicos por conta da pandemia de Covid-19. Até o momento, o total de recursos oferecidos chega a aproximadamente US$ 6,5 milhões (o equivalente à R$ 37 milhões).

O novo fundo de US$ 2 milhões (R$ 10,5 milhões) será direcionado à saúde e fornecerá apoio imediato às comunidades vulneráveis da Amazônia. Uma nova assistência humanitária, de US$ 500.000 (R$ 2,8 milhões), apoiará os esforços de resposta da Covid-19 aos refugiados e as comunidades anfitriãs no Brasil.

(Foto: Divulgação)

“Estou muito satisfeito que esse recurso adicional para saúde e assistência humanitária, direcionado a populações vulneráveis ​​no Brasil, principalmente na região amazônica, que ajudará milhares daqueles que mais precisam. Também demonstra claramente nossa forte parceria bilateral e nosso compromisso contínuo com o povo brasileiro”, destacou o embaixador Todd Chapman.

Essa assistência soma-se aos US$ 950.000 anunciados em 1º de maio para apoio econômico a populações vulneráveis. Além disso, o governo dos EUA, por meio dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), anunciou em 19 de maio, aproximadamente US$ 3 milhões em fundos globais de saúde à resposta da saúde pública do Brasil à Covid-19.

Anúncio