Funcionários e passageiros brigam após coelho ser impedido de embarcar em voo; veja vídeo

Os passageiros, que tinha uma liminar judicial para o embarque do coelho, foi barrado de entrarem no voo

São Paulo – Funcionários de uma companhia aérea e um casal de passageiros protagonizaram uma confusão na última quinta-feira (18), após os clientes serem impedidos de embarcar em um voo internacional com um coelho. Segundo o site Correiro Braziliense, a briga aconteceu no Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo.

Funcionários e passageiros brigam após coelho ser impedido de embarcar em voo (Foto: Reprodução)

O casal, que tinha uma liminar judicial para o embarque do coelho, foi barrado pelos funcionários de entrarem no voo para Amsterdam, na Holanda. Após os clientes serem impedidos, uma briga generalizada foi iniciada, com troca de palavrões e ameaças.

O vídeo da confusão viralizou nas redes sociais e mostra o momento que o dono do animal, que estava de camisa xandrez, xinga a funcionária da companhia, e em seguida, é agredido com socos por outro empregado que estava de traje preto, dando inicio a briga.

Em um momento da confusão, o dono do animal é empurrado e cai em cima da mala onde estava o coelho. A companheira dele abre a mala para verificar se o animal estava bem.

Ainda de acordo com o Correio Braziliense, o Aeroporto afirmou que  “os passageiros e funcionários da companhia aérea foram conduzidos para a delegacia da Polícia Civil, onde a ocorrência foi registrada”. A companhia aérea disse que animais roedores “não podem ser transportados na cabine da aeronave por razões de segurança” e que este foi o motivo pelo qual os passageiros foram barrados no embarque.

Por outro lado, o casal tinha uma liminar judicial que obrigaria “o transporte excepcional do animal na cabine da aeronave”, mas não foi feito por um “equívoco interno da companhia”, que não comunicou à tripulação com antecedência.

Veja vídeo: 

Anúncio