Fundação investiga mortes de crianças após surto de doença em MG

As aulas foram suspensas após a morte de três crianças em um intervalo de pouco mais de 1 mês, desde 24 de setembro

Minas Gerais – A prefeitura de São João Del Rey, cidade a 190 quilômetros ao sul de Belo Horizonte, suspendeu as aulas após a morte de três crianças no município em um intervalo de pouco mais de 1 mês, desde 24 de setembro. As aulas também foram suspensas pelas prefeituras de Tiradentes, Santa Cruz de Minas, Ritápolis e Conceição da Barra de Minas. As seis cidades ficam no sudeste de Minas Gerais.

blank

(Foto: Divulgação Biblioteca Virtual em Saúde / Ministério da Saúde)

blank

A Fundação Ezequiel Dias, ligada à Secretaria de Saúde de Minas Gerais ainda investiga as causas das mortes e de internação de outras crianças da região. “As amostras relativas aos casos ocorridos no município seguem em análise para complemento das investigações epidemiológicas, tanto no laboratório referência do estado, quanto no município”, diz nota da fundação.

Conforme a secretaria, “não há critérios que comprovem surto ou risco à saúde da população, bem como nenhuma evidência epidemiológica que justifique a alteração na rotina das atividades da população”.

Escarlatina

A Prefeitura de Felício dos Santos, a 370 quilômetros ao norte de Belo Horizonte, notificou a Secretaria de Saúde do estado de um surto de escarlatina no município. As atividades nas escolas da cidade foram interrompidas.

Para a secretaria, “a definição de surto é a situação em que há aumento acima do esperado na ocorrência de casos de evento ou doença em uma área ou entre um grupo específico de pessoas, em determinado período”.

De acordo com a Biblioteca Virtual do Ministério da Saúde, “escarlatina é uma doença infecciosa e contagiosa que costuma ocorrer em crianças em idade escolar, durante a primavera. É transmitida pela mesma bactéria que causa amidalite, artrite, pneumonia, endocardite, impetigo e erisipela”.

A transmissão acontece quando há contato direto com a saliva ou a secreção nasal de pessoas infectadas, mesmo sem sinais da enfermidade. O período de incubação varia de 1 a 10 dias.

Em nota, a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais diz que “não recomenda o fechamento de escolas” no município de São João Del Rey.

Anúncio