Gato pode ter causado vazamento de gás e explosão em restaurante no Piauí

Informação consta de laudo da polícia do Piauí. Bicho teria retirado uma mangueira de acoplamento

Piauí – A Polícia Civil do Piauí divulgou nesta quinta-feira (9), o laudo de exame pericial do acidente que aconteceu no Vasto Restaurante, ocorrida em dezembro, em Teresina. O local estava fechado para o público, e um funcionário do local acabou ferido. Segundo o laudo, a hipótese mais provável é que a explosão tenha sido causada por vazamento de gás.

Gato na cozinha do restaurante Vasto, que ficou destruído. (Foto: Reprodução / Record Tv)

Segundo reportagem do portal A10+, do Piauí, o laudo mostrou ainda que, nas dependências da cozinha, conforme imagens de câmeras de monitoramento, estava presente no local um animal doméstico de estimação, um gato, que transitava pela cozinha em vários pontos e em horário compatível com o momento em que o vigilante sente o vazamento de gás.

A hipótese é que o felinho tenha retirado uma mangueira de acoplamento.

O documento cita três hipóteses para o vazamento que teria causado a explosão:

• falha no regulador de 1º estágio
• falha em equipamento tanto por má instalação
• intervenção direta no equipamento provocada por um gato

O Vasto pertence ao grupo Coco Bambu, que fica localizado ao lado e também foi atingido pela explosão. O caso segue sendo investigado.

Anúncio