Homem que matou jovem por atropelamento estava embriagado e não tem CNH, diz polícia

Elisabeth, de 18 anos, foi atingida ao atravessar uma rua em Mairiporã. Jovens perseguiam o amigo dela após confusão

São Paulo- O homem que dirigia o veículo que matou no sábado (21) a jovem Elisabeth Nayara, de 18 anos, em Mairiporã (SP), estava embriagado e não tem licença para dirigir. Caíque Maurício da Silva, de 23 anos, foi preso em flagrante e a polícia já pediu a conversão de sua prisão para preventiva. Ele deverá responder por homicídio com dolo eventual por ter assumido o risco de matar ao dirigir alcoolizado e em alta velocidade.

(Foto: Reprodução/ Record TV)

 

O acidente ocorreu por volta das 6h na rua Laudemiro Ramos, no centro de Mairiporã, na Grande São Paulo. Elisabeth, conhecida por Yza, morava em Guarulhos, também na região metropolitana, e estava passando alguns dias na casa da tia. Pouco antes do acidente, a jovem havia saído de uma casa noturna na região, onde uma confusão teve início.

O grupo em que a jovem estava se envolveu em uma briga com outro grupo por causa de um xingamento. Um dos jovens que estariam com Elizabeth, então, saiu correndo, enquanto outros dois membros do outro grupo entraram em um carro e começaram a persegui-lo. Elizabeth atravessou a rua no momento em que o carro passou e acabou atingida de forma violenta, sendo arremessada a metros de distância. O acidente foi registrado por câmeras de segurança.

Elisabeth não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo. Outras quatro pessoas ficaram feridas no acidente e foram encaminhadas para um hospital, entre elas o irmão de Caíque, que o acompanhava no carro.

A polícia seguirá ouvindo testemunhas e analisando imagens de câmeras de segurança para concluir a investigação.

Anúncio