Jornalista esfaqueado em assalto tem alta prevista para sexta

Gabriel Luiz divulgou a notícia em seu perfil no Twitter; ele comemorou e disse que vai “sextar demais da conta”

Brasília – O jornalista Gabriel Luiz, que levou dez facadas durante um assalto no Sudoeste (DF), deverá receber alta na próxima sexta-feira (6). Ele divulgou uma mensagem em seu perfil no Twitter em que conta a notícia. “É oficial: os médicos acabaram de me dizer que minha alta tá prevista pra sexta! Vou sextar demais da conta!”, disse, em tom de brincadeira.

 

Na sexta, até o horário da alta, o repórter terá completado 22 dias de internação. Réu por tentativa de latrocínio (roubo com morte) e corrupção de menores, José Felipe Leite Tunholi, 19 anos, e um comparsa, de 17, surpreenderam a vítima quando ela chegava em casa, em 14 de abril.

Segundo o profissional relatou à polícia, a dupla já chegou esfaqueando-o. Atingido no pescoço, no tórax e numa perna, Gabriel foi levado pelo Corpo de Bombeiros para o Hospital de Base do Distrito Federal, onde passou por uma série de cirurgias. No dia 15, ele foi transferido para o Hospital Brasília.

Em 19 de abril, Gabriel deixou a UTI pela primeira vez. Ele ainda voltou à unidade de terapia, mas por pouco tempo. Nesta terça (3), Gabriel fez postagens bem-humoradas em seu perfil no Instagram, nas quais aparece cantando com uma fisioterapeuta. E no domingo (1º) agradeceu à equipe médica, aos amigos e a Deus por estar vivo.

“Eu escolho viver muito. Com ainda mais amor, ainda mais energia e paz, cercado de pessoas que me querem bem”, escreveu.

Anúncio