José Dumont vira réu por guardar pornografia infantil e é investigado por abusos

José Dumont segue preso em presídio no RJ e também é investigado por abusos contra um menino de 12 anos

Rio de Janeiro – O ator José Dumont virou reú pelo crime de armazenamento de imagens de pornografia infantil após a Justiça aceitar a denúncia do Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ), nesta sexta-feira (23). A decisão foi da juíza Gisele Guida de Faria, da 1ª Vara Especializada em Crimes contra a Criança e o Adolescente.

José Dumont vira réu por guardar pornografia infantil e é investigado por abusos  (Foto: Reprodução – Instagram)

José Dumont foi preso em flagrante, no último dia 15, em uma ação da Polícia Civil. Investigado por abusos contra um adolescente de 12 anos, ele foi alvo de um mandado de busca e apreensão. Durante as diligências, os agentes encontram o conteúdo de pornografia envolvendo crianças e adolescentes de diversas idades no celular e no computador do ator.

De acordo com informações obtidas pela Record TV, o ator disse aos investigadores que as imagens faziam parte de um estudo para um trabalho sobre o tema.

A Justiça converteu para preventiva (sem prazo) a prisão de José Dumont durante a audiência de custódia, após o juiz ressaltar a gravidade do crime. Ele segue preso no presídio de Benfica, zona norte do Rio.

Anúncio