Lei da cadeirinha não vai valer para táxis e carros de aplicativo

Exigência seria inviável, diz diretor do Denatran. Ele também falou sobre mudanças na validade da CNH. Nova lei entra em vigor na segunda-feira (12)

São Paulo – As regras de transportes de crianças em veículos que começam a valer na próxima segunda-feira (12), com o início da vigência da nova lei de trânsito brasileira, não serão obrigatórias para táxis e carros de aplicativos. Durante participação na #LiveJR desta sexta-feira (9), o diretor-geral do Denatran, Frederico de Moura Carneiro, explicou que a exigência será aplicada exclusivamente a condutores de automóveis particulares.

“Acreditamos que esse tema merece uma discussão mais ampla. Mas, no momento, seria uma mudança operacional totalmente inviável para esse tipo de profissional”, diz Carneiro. O diretor do Denatran explicou, no entanto, que em uma eventual abordagem, o condutor terá que comprovar que está no efetivo exercício da profissão. “Se o motorista, por exemplo, estiver transportando alguma criança de sua família sem o dispositivo de retenção adequado, certamente será autuado.”

Lei da cadeirinha não vai valer para táxis e carros de aplicativo (Foto: SbytovaMN/Getty Images )

Anúncio