Militar da FAB mata colega com tiro na cabeça dentro de anexo do Ministério da Defesa

Crime ocorreu na manhã deste sábado (19) no anexo da pasta e a vítima tinha 19 anos

Brasília – Uma briga entre dois militares da Força Aérea Brasileira (FAB) no prédio do Ministério da Defesa, em Brasília, terminou com a morte de Kauan Jesus Cunha Duarte, 19, na manhã deste sábado (19). De acordo com informações preliminares, o militar Felipe de Carvalho Sales, também de 19 anos, atirou na cabeça do colega após uma discussão durante a troca de turno no alojamento de guarda, que fica no anexo da pasta.

Felipe de Carvalho Sales (primeira foto) e Kauan Jesus da Cunha Duarte (segunda foto) (Foto: Reprodução)

O corpo da vítima foi encontrado nesta manhã no anexo da pasta. O Corpo de Bombeiro foi acionado para prestar socorro, mas o militar já estava morto quando a ambulância chegou no local. A Polícia Civil não informou se alguém foi preso pelo homicídio. De acordo com a corporação, por se tratar de “um crime militar”, a investigação será conduzida pela FAB.

R7 apurou que todos os militares que atuam no ministério e que estavam em serviço na escala deste sábado serão ouvidos para a investigação.

O Ministério da Defesa divulgou nota de pesar. Leia a íntegra:

“É com profundo sentimento de tristeza e pesar que o Ministério da Defesa lamenta o incidente ocorrido, na manhã deste sábado (19.11), no alojamento da guarda, localizado no prédio anexo da Pasta, e que vitimou, por meio de disparo de arma de fogo, um militar da Força Aérea Brasileira (FAB).

O Ministério rende as condolências aos familiares e amigos, pela irreparável perda. Neste momento de dor,  a Defesa une-se às manifestações de solidariedade e de apoio à família, bem como acompanha a apuração e a investigação dos fatos, a serem conduzidas pela Força Aérea.”

Anúncio