MP denuncia acusado de matar homem por causa de máquina bicho de pelúcia

A Promotoria denunciou Fabrício Conceição por homicídio duplamente qualificado

Rio de Janeiro- O MPRJ (Ministério Público do Rio de Janeiro) denunciou à Justiça, nesta segunda-feira (4), o acusado de matar um homem por causa de uma máquina de urso de pelúcia em um posto de combustível em Campo Grande, na zona oeste do Rio de Janeiro.

(Foto: Reprodução/ Record)

O atirador está preso desde o dia 18 de novembro, quando se entregou à polícia, acompanhado de advogados, após ter ficado foragido.

A Promotoria denunciou Fabrício Conceição por homicídio duplamente qualificado — motivo fútil e impossibilidade de defesa.

O crime aconteceu no dia 3 de novembro. As investigações revelaram que a briga aconteceu porque o suspeito não conseguiu pegar o brinquedo, enquanto a vítima estava com vários.

Imagens de câmera de segurança registraram o momento em que Lindomar Riva, de 53 anos, foi morto a tiros no estacionamento durante uma discussão.

Na ação, o MP destacou a necessidade da prisão preventiva (sem prazo) de Fabrício Conceição:

“A periculosidade do denunciado se constata pela grave e violenta conduta praticada por ele, de modo que a sua prisão é capaz de garantir a tranquilidade de moradores da região em que ocorreu o fato.”

Anúncio