MP denuncia empresário que agrediu modelo em academia de SP

Thiago Brennand pode responder por corrupção de menores e lesão corporal. Seis pessoas o denunciaram por agressão

São Paulo – O Ministério Público de São Paulo denunciou o empresário Thiago Brennand Fernandes Vieira por corrupção de menores, ao envolver o filho na agressão à modelo Helena Gomes em uma academia de luxo, e lesão corporal com o agravamento de a vítima ser mulher.

O MP pediu uma indenização de R$ 100 mil em danos morais para Helena e que Thiago não se aproxime dela. A instituição solicitou também a apreensão do passaporte do empresário. A Justiça deve responder nos próximos dias.

(Foto: Reprodução/@RecordTV)

Ao menos seis pessoas o denunciaram por agressão. A defesa do empresário disse que só vai se pronunciar dentro do processo. Na quarta-feira (31), a Polícia Civil de São Paulo encerrou o inquérito que investigava o caso de agressão à modelo e decidiu pelo não indiciamento de Thiago.

Agressão

“Eu puxei pelo cabelo para mostrar como é que faz. Coitada! Ainda esculachei ela depois na saída, na frente de todo mundo”, disse o empresário por meio de áudio sobre o flagrante de violência contra a modelo na academia. Helena conta que foi avisada para tomar cuidado com ele por ser “encrenqueiro”.

Ele é dono de uma herança milionária e ostenta uma vida de luxo. É professor e faixa preta no jiu-jítsu e gosta de exibir a coleção de armas. Em uma postagem nas redes sociais escreveu: “Todo homem tem o guarda-roupa que merece” ao lado de uma foto de um arsenal de armas.

Thiago não teria uma boa relação com a família e, certa vez, enviou um caixão para a casa de um primo.

Processos na Justiça

O nome de Thiago aparece em processos judiciais e em pelo menos 20 boletins de ocorrência. Um deles foi aberto por um técnico em enfermagem, que prefere não ser identificado, que atendeu o empresário pouco antes de fazer um exame. Ele foi agredido quando pediu para o paciente guardar o celular.

“Ele veio me dar um soco, aí ele acertou só o ombro. Ele faz o que ele quer, aí desmente o que ele fez, e a Justiça passa a mão na cabeça dele, nada acontece”, contou o enfermeiro.

O medalhista de hipismo Doda Miranda entrou na Justiça contra Thiago Brennand. Segundo o advogado da vítima, eles já se conheciam do Clube Hípico e houve uma discussão. Um áudio foi enviado ao atleta pelo empresário: “Estou vestindo a roupa e vou bater na sua cara. Agora!” Após o episódio, o advogado pediu uma medida protetiva que impede Thiago de se aproximar de Doda.

O caso

A modelo foi agredida fisicamente pelo empresário dentro de uma academia de luxo no Jardim Paulistano, na zona oeste da capital paulista, no dia 3 de agosto. A Bodytech fica dentro do Shopping Iguatemi, na avenida Brigadeiro Faria Lima.

Câmeras de segurança registraram a modelo sendo agredida pelo empresário e mulheres que estavam na academia defendendo a vítima.

A agressão foi gravada. As imagens mostram a mulher sendo empurrada com força. Em seguida, duas pessoas aparecem para apartar a briga. Na sequência, o homem puxa os cabelos dela. Segundo as imagens, a confusão só terminou quando frequentadores da academia separaram o agressor da vítima.

Anúncio