Mulher que ateou fogo no marido é presa; homem teve 92% do corpo ferido

Segundo a polícia, o relacionamento, de 30 anos, era marcado por episódios de violência doméstica de ambos os lados

Rio de Janeiro – Uma mulher foi presa nesta quinta-feira (7), após ter sido flagrada, em vídeo, ao atear fogo no marido, em Brás de Pina, na zona norte do Rio de Janeiro. A suspeita pode responder por tentativa de homicídio.

blank

(Foto: Record Tv / Rio)

As imagens registraram o momento em que ela entra em um bar, onde o homem está sentando em uma cadeira. Em seguida, ela joga acetona na vítima e acende um isqueiro na direção dela.

O homem teve 92% do corpo queimado e está internado no Hospital Getúlio Vargas, na Penha, onde foi ouvido pela polícia. O estado dele é considerado gravíssimo.

O delegado da 38 DP (Brás de Pina), Flávio Rodrigues, disse, em entrevista à Record Rio, que o relacionamento do casal, que já durava 30 anos, era marcado por episódios de violência doméstica de ambos os lados.

Em seu depoimento, a mulher alegou que, mais uma vez, se tornaria alvo de agressão e tentou se defender. A polícia, porém, não acreditou na versão apresentada por ela.

“O que ela fala não é o que a imagem mostra. A imagem mostra a vítima sentada em uma cadeira. Ela chega, com frieza, joga o líquido e ateia fogo. Ela não estava naquele momento em situação de vulnerabilidade, não estava em situação em que seria agredida de forma iminente. Ao contrário. Como eu disse, ele estava sentado e não oferecia risco para a integridade física dela naquele momento”, disse o delegado.

Anúncio