‘Não podemos dar uma de Bambam contra o Popó’, afirma Moraes na USP

A declaração foi dada em evento da semana de recepção aos calouros da Faculdade de Direito da USP

Brasília- O presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Alexandre de Moraes, disse nesta segunda-feira (26) que não se pode “baixar a guarda” e nem “dar uma dar uma de Bambam contra o Popó – que durou 36 segundos”. “Nós temos que ficar alertas e fortalecer a Democracia. Fortalecer as instituições e regulamentar o que precisa ser regulamentado”, disse.

(Foto: Nelson JR/ SCO/ STF)

“Não podemos cair nesse discurso fácil de que regulamentar as redes sociais é ser contra a liberdade de expressão. Discurso mentiroso que quer propagar discurso de ódio e lavagem cerebral que é feita em milhões de pessoas”, disse.

O ministro disse ainda há a missão de fortalecer o estado democrático de direito. “As instituições conseguiram prevalecer a democracia no Brasil. As intituições demoraram a reagir”, disse. A declaração foi dada em evento da semana de recepção aos calouros da Faculdade de Direito da USP.

O ministro pediu aos estudantes que eles, como operadores do Direito, que garantam que as redes sociais não sejam terra de ninguém. “Nem mais, nem menos do que ocorre no mundo real”.

Anúncio