‘Não tenho medo de julgamento, desde que os juízes sejam isentos’, diz Bolsonaro

Em ato no Rio de Janeiro, ex-presidente afirmou que poderia estar em outro país, mas preferiu voltar mesmo com os ‘riscos’ que corre

Rio de Janeiro – O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou não ter medo de julgamentos, desde que eles sejam conduzidos por pessoas isentas. A declaração foi feita durante um evento no Rio de Janeiro neste sábado (16). Bolsonaro falou por cerca de meia hora e chegou a comentar sobre alguns inquéritos dos quais é alvo. “Não faltarão pessoas para te perseguir, para tentar te derrotar, para te acusar das coisas mais absurdas, até de molestar uma baleia no litoral do Brasil”, destacou durante o discurso.

(Foto: Reprodução Instagram @jairmessiasbolsonaro)

A fala acontece um dia depois da queda do sigilo dos depoimentos de ex-comandantes das Forças Armadas, que revelaram encontros com o então presidente após as eleições de 2022.

“Poderia estar muito bem em outro país. Preferi voltar para cá [Brasil] com todos os riscos que corro. Não tenho medo de qualquer julgamento, desde que os juízes sejam isentos”, completou, desta vez em recado ao Supremo Tribunal Federal (STF), que concentra inquéritos sobre ele e seus aliados.

Anúncio