Nova cepa do coronavírus é identificada no interior de SP

Após apontar que 64% dos casos eram de variante encontrada em Manaus, o governo de SP disse que a nova variante foi identificada em Sorocaba

São Paulo – O governo do Estado de São Paulo informou, nesta quarta-feira (31), que identificou uma nova variante da Covid-19 no município de Sorocaba, no interior paulista.

Nova cepa do coronavírus é identificada no interior de SP. (Foto: Rubens Cavallari /FolhaPress)

De acordo com Dimas Covas, diretor do Instituto Butantan, a mutação é “assemelhada” à variante detectada na África do Sul, mas não há, porém, indicação de que alguém da região tenha viajado ao País. “Existe a possibilidade que seja uma mutação da nossa P1”, afirmou o pesquisador. A P1 é a variante brasileira encontrada em Manaus.

De acordo com a Revista Veja, Covas afirmou que o Estado faz o sequenciamento rotineiro de parte de amostras de casos positivos de Covid-19 na região e que o trabalho será mantido para que se detecte mais episódios do tipo. Segundo o diretor do Centro de Contingência do Coronavírus, Paulo Menezes, a variante seria a sul-africana, que ainda não havia aparecido no Brasil.

Ainda não se sabe, porém, qual o tamanho da abrangência dessa nova cepa identificada em Sorocaba. Até agora, apenas um caso foi confirmado. Esta variante foi detectada em uma mulher de 34 anos, que apresentou sintomas leves, com evolução clínica favorável. Segundo Menezes, a paciente não relatou nenhum histórico de viagens recentes dentro ou fora do Brasil.

Anúncio