Obesidade prejudica sistema imunológico mesmo após perda de peso, sugerem cientistas

Grupo de pesquisadores analisou efeitos de dieta rica em gordura na imunidade inata (anticorpos presentes no organismo desde o nascimento)

Brasília – Um estudo publicado nesta quinta-feira (5) na revista Science sugere que indivíduos obesos podem ter prejuízo no sistema imunológico mesmo após emagrecerem.

(Foto: Internet)

O grupo de cientistas, conduzidos pelo pesquisador Masayuki Hata, da Universidade de Kyoto, no Japão, obteve evidências de que uma dieta rica em gordura altera a imunidade inata – anticorpos que estão presentes desde o nascimento e oferecem resposta imediata a invasões estranhas – a ponto de facilitar o surgimento de doenças inflamatórias.

Em uma análise feita com camundongos, eles verificaram que os macrófagos (um tipo de célula de defesa) do tecido adiposo dos roedores alimentados com uma dieta rica em gordura apresentaram mudanças epigenéticas que levaram ao aumento da expressão de genes que funcionam em respostas inflamatórias.

Os achados abrem caminho para a explicação, por exemplo, da degeneração macular, uma doença neuroinflamatória que causa cegueira irreversível, associada à idade e também à obesidade.

No estudo com camundongos, mesmo após eles retornarem ao peso e metabolismo normais, a expressão de genes relacionados às respostas inflamatórias permaneceu alterada.

Uma das hipóteses para o caso da degeneração macular, segundo Hata, que atua no Departamento de Oftalmologia e Ciências Visuais, é que a gordura, mais especificamente ácidos graxos, como o ácido estérico, provoca modificações nos macrófagos resistentes adiposos para um fenótipo pró-inflamatório, que é retido durante o envelhecimento.

Essas células retidas podem viajar para outras partes do corpo, incluindo o olho, onde provoca a cegueira.

Estudos mais aprofundados, inclusive em humanos, poderão no futuro direcionar essas descobertas para a reversão dessas mudanças no sistema imunológico ocorridas em períodos de obesidade.

Anúncio