Pai da médica Mayra Pinheiro morre de complicações da Covid-19

O servidor aposentado César Pinheiro, pai da médica Mayra Pinheiro, foi tratado com remédios ineficazes contra o coronavírus

Fortaleza – César Pinheiro, pai da médica Mayra Pinheiro, mais conhecida como Capitã Cloroquina, morreu na manhã desta terça-feira (5), em um hospital particular de Fortaleza (CE), o servidor aposentado da prefeitura de Fortaleza tinha 77 anos. Ele estava enfrentando períodos longos de internação há cinco meses para tratar das consequências de um caso grave de Covid-19, agravadas por um quadro de câncer de próstata e asma.

Pai da Capitã Cloroquina morre de complicações da Covid-19. (Foto: Reprodução/Facebook)

César era pai da médica Mayra Pinheiro, atual secretária de Gestão do Trabalho do Ministério da Saúde e grande defensora de um tratamento contra o coronavírus com remédios sem eficácia contra a doença. Essa militância a levou a ser conhecida como “Capitã Cloroquina”.

Em depoimento na CPI da Covid-19 no Senado, em 25 de maio deste ano, a médica confirmou que o pai, quando adoeceu de Covid-19, se tratou com hidroxicloroquina, ivermectina e azitromicina.

Nesta terça, a médica Mayra Pinheiro fez uma postagem no Facebook informando a morte do pai e dando informações sobre velório e sepultamento. Como o servidor aposentado não carregava o vírus há vários meses, não há orientação para restrições de público na despedida.

Luto por meu Pai. Que o Senhor Deus nos fortaleça nesse momento de despedida 🙌🏻

Posted by Dra. Mayra on Tuesday, October 5, 2021

Anúncio