Pedreiro é suspeito de estuprar filha de 3 anos em BH

Desconhecido teria enviado à mãe da criança vídeos que mostram o homem abusado da menina; polícia investiga o caso

Belo Horizonte – Um homem de 37 anos é suspeito de estuprar a filha de 3 anos, em Belo Horizonte. O caso teria sido descoberto após um desconhecido ter enviado à mãe da criança vídeos que mostram o homem abusado da menina.

A mãe da vítima, que prefere não se identificar, conta que morava com o companheiro há oito anos e nunca suspeitou do comportamento dele. Segundo a mulher, o relacionamento entre pai e filha era normal.

— Ele trabalhava o dia inteiro e, quando chegava em casa, brincava com ela normalmente. Brincava de boneca e com bola.

Foto:Reprodução Record TV

Segundo a mãe da criança, o delator não informou como teve acesso aos vídeos. Ele teria enviado as imagens para a mulher após o investigado não pagar uma dívida de R$ 200 que tinha com ele.

Ao analisar o vídeo, a mulher percebeu que os abusos teriam começado há, pelo menos. um ano e meio. Ela conta que questionou o marido, mas ele não negou o crime e fugiu de casa quando a polícia foi acionada.

— Ele ligou diversas vezes, falando que ia cometer suicídio e que queria se despedir da filha dele. Disse que me amava e amava a filha também.

Ao ir para à delegacia registrar o boletim de ocorrência, a mãe da criança ainda descobriu que o marido já havia cumprido pena por ter estuprado um menino de 8 anos. A mulher disse que sabia que o companheiro havia sido preso, mas ele teria contado que a detenção foi por tráfico de drogas. A esposa afirma que já encontrou pinos de cocaína no quarto do casal.

A vítima passou por exames no IML (Instituto Médico Legal), mas o resultado ainda não foi divulgado. Mãe e filha vão receber acompanhamento psicológico. A Polícia Civil informou que está investigando o caso.

*Com informações do R7

Anúncio