Polícia diz que Lázaro foi avistado em gruta do cerrado de Goiás

Força-tarefa têm dificuldades para encontrar homem acusado de assassinar família no DF; buscas por suspeito entram no 11º dia

Distrito Federal – A força-tarefa da polícia diz ter pistas de onde se esconde Lázaro Barbosa, de 32 anos, conhecido como o serial killer do Distrito Federal. Este sábado (19) marca o 11º dia de buscas pelo suspeito de vários assassinatos na região.

De acordo com informações da Record TV, Lárazo teria sido avistado por um helicóptero em uma gruta de Águas Lindas de Goiás, uma região do cerrado de Goiás.

Policiais especializados fazem buscas por Lázaro (Foto: Reprodução/Record TV)

Por volta das 9h da manhã, chegaram ao local policiais de elite para ajudar nas buscas.

Segundo a polícia, ele teria se perdido em uma região de savana. Por isso, policiais treinados para atuar nesse tipo de bioma fazem buscas em uma área com raio de 8 km. A equipe de agentes trabalhou durante toda a madrugada para encontrá-lo. O perímetro de buscas vai de Águas Lindas de Goiás a Cocalzinho, no mesmo estado.

O serial killer estaria escondido em uma gruta após ser avistado por um helicóptero da polícia. A previsão é que ele seja preso ainda na manhã deste sábado (19). Quando ocorrer a detenção, ele será levado à Escola Municipal Alto da Boa Vista.

Lázaro é acusado de matar uma família em Ceilândia (DF) e fugir para Goiás. A ação da polícia ocorre nas proximidades de Girassol (GO), onde o pai de Lázaro mora. O povoado pertence ao município de Cocalzinho de Goiás. A cidade tem uma população estimada em pouco mais de 20 mil habitantes, segundo o IBGE.

O homem é suspeito de ter matado ao menos sete pessoas, desde 2007. Além disso, desde que é suspeito de ter assassinado uma família em Ceilândia, em 9 de junho, ele tem invadido e incendiado propriedades, ameaçado moradores e feito reféns. Na terça-feira (16), Lázaro teve a primeira troca de tiros com a polícia, desde o início da operação.

Anúncio