Prefeito é preso após mostrar partes íntimas em videochamada para garoto de 15 anos

O adolescente gravou conversas que teve com chefe do Executivo de interior de Goiás, que foi preso após pedido do MPGO

Goiânia – A mãe de uma adolescente de 15 anos, denunciou o prefeito de São Simão, no sudoeste goiano, Francisco de Assis Peixoto (PSDB), após o garoto delatar o chefe do Executivo por mostrar as partes íntimas em uma videochamada de um aplicativo de mensagem.

Prefeito é preso após mostra partes íntimas em videochamada para garoto de 15 anos. (Foto: Reprodução/Metrópoles)

Após pedido do Ministério Público do Estado de Goiás (MPGO), Assis Peixoto acabou preso de forma preventiva na tarde de quarta-feira (28). Também foram cumpridos mandados de busca e apreensão. A operação foi batizada de Paideia.

Segundo o Metrópoles, a mãe do adolescente, que não quis ser identificada, conta que o prefeito se aproximou do filho por mensagem no WhatsApp. O mandatário se identificou, para o menino, como Assis. O assediar chegou a afirmar para o garoto que era o prefeito da cidade.

“Quer ver”?

Uma cópia de uma das conversas pelo aplicativo mostra que o suspeito diz: “Quer ver?”. O adolescente então responde: “Vou ligar e você mostra”. Em seguida, o assediador diz: “E você também”.

O prefeito então exibiu suas partes íntimas para o adolescente durante a videochamada. As imagens foram gravadas. Um trecho do vídeo mostra o rosto de Assis Peixoto.

Metrópoles tenta localizar a defesa do prefeito, que estava em Goiânia no momento da prisão. Como o processo é sigiloso, não é possível ver sua descrição no site do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO).

Anúncio