Sargento gay consegue licença- paternidade para cuidar da filha; entenda

O agente e seu marido, Rafael Moreira, entraram na justiça solicitando o benefício de se ausentar do trabalho para cuidar de sua filha Sofia

Pernambuco- O sargento da Polícia Militar, Valdi Barbosa, conseguiu um feito inédito na corporação de Pernambuco (PMPE), o direito de seis meses de licença-paternidade. O agente e seu marido, Rafael Moreira, entraram na justiça solicitando o benefício de se ausentar do trabalho para cuidar de sua filha Sofia, fruto de uma fertilização in vitro com barriga solidária.

(Foto: Reprodução/ Redes Sociais)

Segundo as informações, foram cinco meses de processo, o sargento deu entrada no requerimento, que tramitou por diversas secretarias da Polícia Militar, Secretaria de Defesa Social e na Procuradoria Geral do Estado, mas a instância negou a licença de seis meses do agente.
Após  o direito ser negado, o sargento conseguiu obter a sentença que saiu em julho de 2021, assinada pela juíza do 4º Juizado Especial da Fazenda Pública da Capital, Nicole de Faria Neves. Com a decisão, o agente conseguiu os  seis meses da licença, mais as suas férias, ficando com cerca de oito meses afastado dos serviços.
A filha do sargento com Rafael, identificada como Sofia, é fruto de fertilização in vitro gestada na barriga da irmã de Valdi, os óvulos são de doadora anônima e esperma do irmão. Essa foi a terceira tentativa do casal, os dois compartilham os momentos com a bebê nas redes sociais.
“Estamos para dar visibilidade as novas configurações de famílias. estamos aqui, para compartilhar a nossa história e motivar outros casais que têm o mesmo sonho” publicou o casal na conta do Instagram @somos2pais.
Com informações do Diário de Pernambuco*

Anúncio