Suspeito de atear fogo na ex-mulher é internado em hospital com a vítima

Além dos dois adultos, filha do casal ficou com 60% do corpo ferido pelas chamas após o crime em Brasilândia, zona norte

São Paulo- O homem suspeito de atear fogo na ex-mulher e na filha do casal foi preso nesta sexta-feira (24), após ficar foragido por mais de uma semana. O crime aconteceu no último dia 16, em Brasilândia, zona norte de São Paulo.

(Foto: Reprodução/ Record)

Identificado apenas como William, o suspeito foi levado para o mesmo hospital onde a ex-mulher está internada. Segundo informações da Record, a vítima estaria na mesma ala e andar que o agressor.

Além dos dois adultos, a filha do casal, de apenas 5 anos, também está internada com 60% do corpo queimado. Tanto ela quanto a mãe teriam sido encharcadas com querosene.

De acordo com a delegada que cuida do caso, a escolha de levar William para o mesmo hospital que a ex-mulher acontece porque a unidade é referência no tratamento de queimados.

O caso foi registrado na 4ª DDM (Delegacia de Defesa da Mulher) Norte.

Anúncio