VÍDEO: frentista é morta com tiro na cabeça no trabalho; ex é suspeito do crime

O ex da frentista ainda chegou a atirar outra vezes no corpo da vítima e depois fugiu do local

Paraíba – A frentista Raissa Raira Batista Pereira, 30, foi assassinada a tiros enquanto estava trabalhando em um posto de combustíveis. Imagens de cãmeras de segurança flagraram o crime. O principal suspeito do crime é Francisco Dunga dos Santos, ex-namorado da vítima.

(Foto: Reprodução)

O crime aconteceu no último sábado (2), em Lucena, na cidade de Bonito de Santa Fé, no Alto Sertão da Paraíba. O vídeo mostra que Raissa estava próximo de uma bomba de combustíveis quando o suspeito chega em uma motocicleta, desce do veículo e caminha em direção a vítima.

Em seguida, o homem empunhou uma arma de fogo e atirou contra a cabeça da frentista que morreu na hora. O suspeito ainda chegou a atirar outras vezes em Raissa. Após o crime, ele fugiu do local.

blank

(Foto: Reprodução/TV Paraíba)

Testemunhas relataram à polícia que Francisco Dunga foi namorado de Raissa há cerca de três meses, e não aceitava o fim do relacionamento. A vítima deixou três filhos, um menino e duas meninas, sendo que a criança mais velha tem apenas 12 anos.

O caso segue sendo investigado pela polícia.

Veja vídeo:

Anúncio