Vídeo mostra momento em que PM aposentado é executado; VEJA

Paulo Eduardo estava no caixa da loja e não reagiu à abordagem, mas foi baleado na cabeça; dois suspeitos foram presos

São Paulo – Imagens de um circuito de segurança mostram o exato momento em que o policial militar aposentado Paulo Eduardo Ramalho, 57, é executado por um assaltante, na noite de segunda-feira (20), no Tatuapé, zona leste de São Paulo. O vídeo registrado pela câmera de um mercado mostra a vítima, passando pelo caixa quando é abordada por dois suspeitos.

(Foto: Divulgação)

Um deles tira uma corrente de ouro do pescoço de Paulo Eduardo, revista sua cintura e descobre que ele está armado. O outro suspeito imediatamente aponta uma arma para a cabeça do PM aposentado e, sem que a vítima esboce nenhum tipo de reação, dispara.

O policial cai no chão, gravemente ferido. Os criminosos saem correndo, mas voltam ao mercado para roubar a carteira de Paulo.

As imagens mostram ainda o atendente do mercado se jogando no chão para se proteger dos disparos. O funcionário quase é atingido por um dos projéteis.

Prisão preventiva

Após os disparos, os suspeitos fugiram com um terceiro envolvido em um veículo roubado da cor prata. No entanto, durante patrulhamento, policiais localizaram o carro. Foi dada ordem de parada ao condutor, que não obedeceu, e uma perseguição se iniciou.

O acompanhamento seguiu até a zona norte de São Paulo, onde o condutor do veículo perdeu o controle e bateu o carro.

Um dos suspeitos, conhecido como “Cabeleira”, conseguiu fugir, e dois criminosos foram detidos.

Os presos foram identificados como Cauan Santos Silva, de 19 anos, e João Vitor Cabelo Conrado, de 24 anos. Eles tiveram a prisão em flagrante convertida em preventiva nesta terça-feira (21).

O caso foi registrado como latrocínio consumado no 53° DP (Parque do Carmo).

Veja as imagens:

Anúncio