Vídeo: sapo é banhado com cachaça em cima de som e gera revolta na web

Polícia Civíl de Goiás suspeita de tortura

Goiânia – Um vídeo foi compartilhado nas redes e mostra um sapo jogado em cima de um alto-falante de carro onde é banhado com bebida alcoólica enquanto a música toca. As imagens geraram repercussão negativa na internet e estão sendo investigadas pela Polícia Civil de Goiás. O vídeo foi publicado em um perfil de divulgação de festas e encontros de som automotivo no Instagram.

O vídeo alcançou mais de 11 mil visualizações e está sendo tratado pela Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Meio Ambiente (Dema) como suspeita de tortura animal.

O delegado titular da delegacia, Luziano de Carvalho, definiu como “crueldade” e “ato perverso” a cena. O crime de tortura animal pode gerar multa e prisão de seis meses a um ano. A Dema busca, agora, confirmar a autoria do vídeo. O responsável pelo perfil alegou que apenas publicou as imagens e que não teria sido ele o autor do crime.

Veja vídeo:

Anúncio