VÍDEO: vereadores paranaenses votam próprio reajuste salarial direto da praia

O Ministério Público instaurou um inquérito para investigar a conduta dos vereadores

Jataizinho – Antônio Brandão (PDT) e Bruno Barbosa (Cidadania), vereadores de Jataizinho no Paraná, votaram o reajuste salarial dos próprios salário através de uma vídeochamada direto da praia. Os vereadores avaliavam o reajuste nos salários dos servidores fixos e comissionados, do prefeito e vice-prefeito da cidade.

(Foto: Reprodução)

A câmara do município de Jataizinho, que fica localizada no norte do Paraná, está em recesso, mas realizou as sessões extraordinárias, uma atrás da outra. Nas sessões foram votados quatro projetos distintos, que acabaram por reajustar em 5,93% o salário dos próprios vereadores e de servidores. Com isso, os vereadores, que ganhavam R$ 5.146,06 em 2022, passariam a receber R$ 5.470,28.

As sessões duraram cerca de 22 minutos. Os outros vereadores estiveram presencialmente na Câmara Municipal, o vice-presidente do Legislativo, Bruno Barbosa da Silva (Cidadania), e o vereador Antônio Brandão (PDT) participaram remotamente em uma praia direto de Balneário Camboriú (SC).

Nas imagens da transmissão, o vereador Antôno Brandão chega a tomar algo em um copo térmico para então perguntar aos colegas: “Vai demorar muito para acabar?”. Depois da repercussão do caso, ele disse que não houve ilegalidade nenhuma no que foi feito. Isso por causa de uma resolução de 2020, que passou a permitir a participação remota dos parlamentares em sessões. A flexibilização, entretanto, ocorreu por conta da pandemia.

O Ministério Público de Ibiporã, que atende o município de Jataizinho, instaurou um inquérito para investigar a conduta dos vereadores. A ação civil para apurar o caso foi aberta por meio da 1ª Promotoria de Justiça de Ibiporã.

Veja vídeo:

Anúncio