‘Vocês vão perder’, diz Bolsonaro sobre críticos do governo

Fala vem após acontecimentos que desestabilizaram o governo, como atraso na entrega de vacinas e a crise de Saúde em Manaus

Brasília – O presidente Jair Bolsonaro afirmou, nesta quarta-feira (20), que os “setores que teimam em remar em sentido contrário, irão perder”. Bolsonaro participou de cerimônia comemorativa do 80º aniversário do Comando da Aeronáutica. O vice-presidente e general Hamilton Mourão também estava presente na celebração.

(Foto: © Carolina Antunes/PR)

A fala de Bolsonaro vem na sequência de recentes acontecimentos que desestabilizaram o governo nos últimos dias, como o atraso na entrega das primeiras doses da vacina da Oxford/AstraZeneca, que ficou apenas para março, além da falta de oxigênio em UTIs de Manaus e nas demais cidades do Amazonas, que tiveram seus sistemas de saúde colapsados, levando diversos pacientes da covid-19 a morte por asfixia, entre outros motivos.

Apesar disso, o presidente aproveitou a celebração para exaltar o papel das Forças Armadas no combate à pandemia do novo coronavírus. Bolsonaro ressaltou que foram os militares que transportaram materiais e pessoas para socorrer “os irmãos de Manaus” e se disse orgulhoso.

“Na entrega de vacinas, a Força Aérea cumpriu a sua missão, tendo em vista o seu planejamento, organização e patriotismo, além da defesa dos direitos humanos. Muito orgulhoso estou, no mais, quando somos atacados, dependendo de onde vem, tenho certeza que estamos no caminho certo”, disse o presidente da República.

Bolsonaro reforçou, também, mais uma vez, que é um presidente que trabalha por mudanças nos últimos dois anos e que respeita os militares, “um fato raro nas últimas três décadas do nosso país”, ou seja, desde o fim da ditadura militar.

“O Brasil vem experimentando mudanças ao longo dos últimos dois anos, uma das mais importantes é que temos um presidente da República que, juntamente com seus ministros, acredita em Deus e respeita os seus militares, um fato raro nas últimas três décadas em nosso país. Nós militares das Forças Armadas, seguimos o norte indicado pela nossa população, que nos orgulhamos disso. Eu me orgulho das Forças Armadas”, ressaltou o presidente.

Anúncio