Agentes prisionais tiveram saúde mental abalada na pandemia

Segundo pesquisa, na percepção de 82,2% dos agentes prisionais, as tensões entre presos aumentaram após o início da pandemia da Covid-19

Brasília – Pesquisa feita entre policiais penais e agentes prisionais de todo o País revelou que a maioria deles, 73,7%, relatou ter a saúde mental afetada por causa da pandemia de Covid-19 e que o apoio institucional para lidar com essas emoções chegou a 5,1% deles. De acordo com a segunda fase da pesquisa, na percepção de 82,2% dos agentes prisionais, as tensões entre presos aumentaram após o início da pandemia.

(Foto: Divulgação/ALESP)

‘Maria da Penha’

Em alusão aos 14 anos da Lei Maria Penha, a Coordenadoria Estadual das Mulheres em Situação de Violência Doméstica e Familiar do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), promoverá nesta sexta-feira (7), a partir das 15h30 (horário de Manaus), um evento online, no canal do Tribunal na plataforma YouTube.

Desvios

O empresário Mouhamad Moustafa será liberado da prisão nesta sexta-feira (7), após decisão do ministro do STJ Nefi Cordeiro que determinou a soltura com a ressalva que nada “impede a fixação de outras medidas cautelares diversas da prisão, por decisão fundamentada”. Moustafa é apontado como líder de um esquema de corrupção que desvio mais de R$ 100 milhões da Saúde do Amazonas.

Parecer

A advocacia-geral do Senado emitiu um parecer recomendando o arquivamento de uma representação que pedia investigação contra o senador Flávio Bolsonaro por quebra de decoro parlamentar.

O Ministério da Saúde lançou, nesta quinta-feira (6), o Sistema de Mapeamento em Educação na Saúde (Simapes), que permitirá a coleta e a sistematização de informações sobre a educação em saúde no Brasil e aprimorar a qualidade dos cursos na área. (Foto: Erasmo Salomão/Ascom-MS)

Anúncio