Amazonas não merece o desgoverno em que vive

A situação da perda de controle do governador Wilson Lima começa pela total ausência de credibilidade da sociedade

Manaus – O Amazonas enfrenta um dos piores momentos da sua história republicana, com um governador que recebe a constante visita da Polícia Federal com mandados de busca e apreensão legitimamente solicitados e concedidos pelo Tribunal Superior de Justiça (STJ). Ao contrário de tempos nebulosos em que as liberdades individuais foram cerceadas, com mandatários apeados do poder pela força, o que o Amazonas vive hoje é um total desgoverno em um ambiente de normalidade democrática. A situação da perda de controle do governador Wilson Lima começa pela total ausência de credibilidade da sociedade. Após o Estado enfrentar a pior crise sanitária e enterrar mais de 200 pessoas por dia com a pandemia em que até oxigênio faltou para os pacientes, a população vira refém do crime organizado, que deixou o sistema de segurança estadual totalmente perdido e sem controle da situação. Trabalhadores impossibilitados de ir e voltar do trabalho, estudantes sem condições de frequentar aulas. O Amazonas não merece isso.

Aditivo 1

A Secretaria de Estado de Administração e Gestão (Sead) firmou segundo termo aditivo com a Agência Amazonense de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental (Aadesam) pelo valor global de R$ 6.747.322,77.

Aditivo 2

O termo prorroga pelo prazo pelo período de 10 meses para pactuar resultados com a finalidade de permitir a avaliação objetiva do desempenho da Agência, na execução do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Econômico e Social, mediante o estabelecimento de “diretrizes estratégicas, ações e indicadores”.

Gasolina

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP) firmou segundo termo aditivo com a empresa Neo Consultoria e Administração de Benefícios pelo valor total de R$ 1,8 milhão, pelo período de 12 meses para fornecimento de querosene e gasolina de aviação.

Atendimento

Projeto da Faculdade de Psicologia da Ufam promove ação de atendimento para recuperar emocionalmente a população que foi diagnosticada com Covid-19. O projeto vai atender pessoas que tiveram a Covid e complicações físicas e emocionais causadas pela doença. As inscrições já estão abertas no perfil oficial do projeto no Instagram @re_viver.psi

Anúncio