Anac autoriza táxi-aéreo a vender assento individual

A decisão é em caráter emergencial, considerando a crise que o setor enfrenta em virtude da pandemia da Covid-19

Brasília – A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) aprovou novas regras para transporte aéreo de passageiros e autorizou empresas de táxi-aéreo a vender assentos individuais, com ofertas de bilhetes para até 15 voos por semana e em aeronaves com até 19 assentos. As regras têm validade por dois anos. A decisão da Anac é em caráter emergencial, considerando a crise que o setor enfrenta em virtude da pandemia da Covid-19.

(Foto: Divulgação/Anac)

Críticas

A pesquisadora e doutora em microbiologia pela USP Natalia Pasternak afirmou, nesta quinta-feira (7), que o governo federal não fez boa comunicação com a sociedade no enfrentamento à pandemia do coronavírus. Segundo ela, o presidente ainda fez propaganda da hidroxicloroquina como uma “cura milagrosa”.

Militar

O Ministério Público Federal em Pernambuco ajuizou ação contra a União, para alterar o nome do prédio que está em construção pelo Comando da 7ª Região Militar do Exército, Edifício Marechal Castelo Branco, no bairro da Tamarineira, no Recife.

São Paulo

O Republicanos lançou, nesta quinta (7), a pré-candidatura de Celso Russomanno para a Prefeitura de São Paulo. Aguardado por concorrentes há meses, o anúncio embaralha a disputa.

O governo federal quer reduzir os gastos com aluguel de imóveis e com isso economizar R$ 1,3 bilhão nos próximos três anos. O Ministério da Economia solicitou aos órgãos federais a atualização cadastral da ocupação de imóveis (Foto: Marcello Casal Jr./ABr)

Anúncio
Anúncio