‘Aqui Tem Justiça’ combate notícias falsas na internet

A hashtag #AquiTemJustiça está sendo utilizada no Twitter, Facebook e Instagram para ampliar a divulgação do trabalho do Judiciário

Manaus – O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) lançou projeto de comunicação ‘Aqui Tem Justiça’, promovido em parceria com o Supremo Tribunal Federal e os tribunais superiores, além de associações de magistrados de todo o País.

A hashtag #AquiTemJustiça está sendo utilizada no Twitter, Facebook e Instagram para ampliar a divulgação do trabalho do Judiciário e de seus programas, projetos, boas iniciativas e números que tratam da defesa e garantia dos direitos individuais e coletivos previstos na Constituição de 1988.

O público-alvo da campanha são os usuários das redes sociais. Foi iniciada pelo CNJ em 1º de abril a campanha #FakeNewsNão, em parceria com os órgãos de todos os ramos do Poder Judiciário.

O objetivo da campanha é combater boatos e mentiras propagados principalmente nas redes sociais. A proposta é mostrar que as notícias falsas têm um impacto real e imediato na sociedade, como a destruição de reputações de pessoas e órgãos públicos, prejuízos financeiros e reações violentas.

Veterinários 1

A Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Amazonas (Adaf) instituiu sistema de rodizio para servidores médicos veterinários e coordenadores da inspeção permanente alocados em abatedouros frigoríficos na região metropolitana de Manaus.

Veterinários 2

Segundo portaria, o rodízio se dará por meio de transferência dos servidores, em caráter temporário, para outros abatedouros frigoríficos, conforme escala a ser definida.

Homenagem

A Câmara Municipal de Manaus (CMM) homenageou a fisioterapeuta Régia Maria de Oliveira Coelho, do Manaus Futebol Clube, com o diploma de Cidadão de Manaus pelos relevantes serviços prestados à sociedade. A homenagem foi uma iniciativa do vereador Dr. Ewerton Wanderley (PHS) e teve apresentação musical do violinista Victor Camilo e do Coral da CMM.

Bens

O presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região – Amazonas e Roraima (TRT11), desembargador Lairto José Veloso, realizou doaçãões para 11 instituições sociais de bens móveis considerados inservíveis ou antieconômicos para o tribunal.