Aras defende combate à criminalidade cibernética

No documento, firmou-se o compromisso entre os Ministérios Públicos de encontrar soluções comuns, no âmbito penal e processual

Brasília – Durante 30ª Reunião Especializada de Ministérios Públicos do Mercosul (REMPM), realizada no último dia 23, o procurador-geral da República, Augusto Aras, que exerce a presidência temporária do grupo, defendeu a necessidade de criação de unidades especializadas no combate aos crimes cibernéticos e a outros delitos cometidos por meio da internet. No encontro, os representantes de Argentina, Paraguai, Uruguai, Bolívia, Chile, Peru e Equador coincidiram sobre a importância de que todos os países da região ratifiquem a Convenção de Budapeste sobre cibercrime e que sejam os Ministérios Públicos designados autoridades centrais para cooperação em matéria penal no âmbito desta Convenção. Os procuradores-gerais do Mercosul aprovaram a Declaração de Brasília sobre cooperação internacional entre Ministérios Públicos para o combate à criminalidade cibernética e à desinformação online. No documento, firmou-se o compromisso entre os Ministérios Públicos de encontrar soluções comuns, no âmbito penal e processual.

Saúde

O Centro de Intendência da Marinha em Manaus contratou, sem licitação, o Centro de Psicologia do Amazonas (CP-AM) para prestar serviços afetos à prevenção de doenças; conservação, recuperação da saúde e reabilitação dos usuários do Sistema de Saúde da Marinha na área jurisdicional do Comando do 9º Distrito Naval

Abandono

A Câmara Municipal de Manaus (CMM) aprovou projeto de lei que determina a colocação, em áreas públicas, de placas, cartazes e outros materiais informativos, sobre as penalidades aplicadas a quem comete o crime de abandono de animais.

Museu

Indicação da Assembleia Legislativa do Estado (ALE) quer propõe a criação do Museu do Futebol Amazonense, nas dependências da Arena da Amazônia. A proposta, segundo a indicação, visa resgatar a história do futebol amazonense e poderá ser levada de “forma mais abrangente a outras gerações”.

Recursos 1

A Secretaria Nacional de Fomento e Incentivo à Cultura aprovou a captação de recursos, no valor de R$ 199 mil para uma temporada do espetáculo ‘Meu Mundo Amazônia – Um Musical da Floresta’.

Anúncio