Brasil e Reino Unido vão ter cooperação em saúde pública

O governo do Reino Unido vai liberar até 14 milhões de libras esterlinas (cerca de R$ 75 milhões) para financiar o aprimoramento de ações de saúde pública no Brasil

Brasília – O governo do Reino Unido vai liberar até 14 milhões de libras esterlinas (cerca de R$ 75 milhões) para financiar o aprimoramento de ações de saúde pública no Brasil por meio do programa Saúde Melhor, de acordo com informações do Ministério da Saúde. O lançamento global ocorreu em Londres, nesta segunda-feira (24), e contou com a presença do ministro da Saúde do Brasil, Luiz Henrique Mandetta.

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (Foto: José Cruz/ABr)

Repúdio

O deputado estadual delegado Péricles (PSL) manifestou repúdio à decisão que pôs os três homens que assassinaram o policial militar, sargento Luiz Costa, em liberdade, após audiência de custódia. Em discurso na Assembleia Legislativa do Estado (ALE), o parlamentar disse que esse tipo de audiência trouxe grave problema à segurança do Estado.

Construção

O Sindicato da Indústria da Construção Civil do Amazonas (Sinduscon-AM) vai promover um evento em alusão aos 40 anos da entidade, nesta terça-feira (25). A programação reunirá homenagens e duas palestras. O evento deve contar com a presença de autoridades, empresários, representantes de entidades e profissionais da área da construção.

Lucro

Os documentos da Odebrecht apresentados na recuperação judicial mostram que executivos da companhia receberam bonificações de participações nos lucros de 2018 em valores até três vezes mais altos do que em anos anteriores. Na planilha, o programa aparece como ICP (Incentivo de Curto Prazo). O então vice-presidente de comunicação, Marcelo Lyra, por exemplo, é credor de R$ 5 milhões.

blank

Presidente Jair Bolsonaro foi condecorado com Medalha da Ordem do Mérito Alferes, pela Comandante-Geral da Polícia Militar do Distrito Federal, Coronel Sheyla Soares Sampaio (Foto: Marcos Corrêa/ABr)

Anúncio