Câmara aprova inclusão da educação bilíngue de surdos na LDB

O texto modifica a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB) para estabelecer como educação bilíngue aquela em que a Língua Brasileira de Sinais (Libras) é considerada primeira língua

Brasília – A Câmara dos Deputados aprovou, ontem, projeto de lei que define a educação bilíngue de surdos como uma modalidade de ensino independente. Oriundo do Senado, o texto modifica a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB) para estabelecer como educação bilíngue aquela em que a Língua Brasileira de Sinais (Libras) é considerada primeira língua, e o português escrito como segunda língua.

Foto: Agência Câmara de Notícias

 

Bancada

A Secretaria da Mulher da Câmara dos Deputados promove hoje reunião com a bancada feminina para debater projeto de lei que trata da micro e da mini geração distribuída de energia elétrica e outros temas relacionados ao setor de energias renováveis.

Maria da Penha 1

Aguarda votação no Senado projeto de lei que aumenta a pena para quem descumprir medida protetiva de urgência nos casos de violência doméstica e familiar.

Maria da Penha 2

O projeto altera o artigo 24-A da Lei Maria da Penha para determinar pena de detenção de dois a quatro anos para o crime de descumprimento das medidas protetivas relacionadas a afastamento do lar, domicílio ou local de convivência.

blank

Foi entregue oficialmente a 500ª locomotiva de corrente alternada produzida no Brasil pela fábrica da empresa Wabtec Corporation, em Contagem (MG). No evento, o ministro da Infraestrutura fez balanço dos investimentos realizados no setor. Foto: Ricardo Botelho/MInfra

 

 

Anúncio