Cármen Lúcia e Raquel Dodge cobram fim das desigualdades de gênero

Dirigentes de duas das principais instituições brasileiras, elas defenderam a ampliação da participação das mulheres nas posições de poder e o fim das desigualdades de gênero no Brasil

Manaus- Dirigentes de duas das principais instituições brasileiras, a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, e a procuradora-geral da República (PGR), Raquel Dodge, defenderam a ampliação da participação das mulheres nas posições de poder e o fim das desigualdades de gênero no Brasil. Ambas participaram da abertura da 1ª Conferência Nacional das Procuradoras da República, nesta sexta-feira, em Brasília.

Copa

De acordo com a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), a maioria das redes municipais do País, que concentram a maior parte do Ensino Infantil e Fundamental, optaram por suspender as aulas no período em que haverá jogos do Brasil.

Repatriação

O Ministério Público Federal (MPF) promoveu uma reunião com representantes da Fundação Nacional do Índio (Funai) e do Ministério das Relações Exteriores (MRE) para intermediar a repatriação de 607 artefatos indígenas retidos de forma irregular no Museu de História Natural de Lille, na França. As peças foram emprestadas em 2004 e não retornaram.

Segurança

O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, anunciou que o ministério perderá o caráter extraodinário, passando a se tornar definitivo.

Palestra

O escritor e poeta paraense João de Jesus Paes Loureiro ministrará a palestra ‘Celebração do corpo: na dança, na arte, no amor e na poesia’. A atividade integra o Programa de Pós-Graduação em Sociologia da Universidade do Amazonas (Ufam), com apoio da Prefeitura.

Anúncio