Comércio de São Paulo vai fechar a partir desta sexta-feira, 20

O fechamento do comércio, de forma presencial, é para evitar a propagação do coronavírus. A medida vale até o dia 5 de abril

São Paulo – Por meio de um decreto a prefeitura de São Paulo determinou o fechamento do comércio na cidade de São Paulo, de forma presencial, para evitar a propagação do coronavírus. A medida terá início na sexta-feira (20) e vale até o dia 5 de abril. Segundo a prefeitura, a medida não vale para farmácias, supermercados, padarias, feiras livres, mercados, lanchonetes, restaurantes, lojas de venda de alimentação para animais e postos de combustível.

Foto: Marcelo Camargo/ABr

Teste

O governador do Amazonas, Wilson Lima, coletou, na noite desta quarta-feira (18), material para fazer exame para o coronavírus. Ele não apresenta sintoma da doença, mas fará o teste por ter mantido agenda intensa de reuniões de trabalho com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre.

Bancada

Outro que também fará o teste será o deputado federal Capitão Alberto Neto (Republicanos/AM). O parlamentar amazonense, juntamente com outros membros da bancada do Estado, esteve acompanhando o senador Alcolumbre, durante sua visita a Manaus, há uma semana para tratar da reforma tributária.

Mudança

O vereador Diego Afonso anunciou, nesta quarta-feira (18), sua saída PDT. Em tom de agradecimento, o vereador fez referências as oportunidades adquiridas durante sua permanência e lançou que está aguardando novos desafios.

O mês de fevereiro não teve seca extrema pela primeira vez desde 2015. Foi o que identificou o projeto Monitor da Seca, da Agência Nacional de Águas (ANA) e as chuvas do mês passado em diversos estados contribuíram para este resultado (Foto: Everardo Onofre/Ministério da Integração)