Comissão analisa criação da bomba atômica brasileira

A proposta, apresentada em 13 de outubro de 2020 por meio do Portal e-Cidadania, atingiu em 2 de novembro os 20 mil apoios necessários para transformar-se em sugestão legislativa

Manaus – Será analisada pela Comissão de Direitos Humanos (CDH) do Senado Federal a ideia legislativa que sugere que o Brasil tenha a bomba atômica como forma de “dissuadir interferência estrangeira”. A proposta, apresentada em 13 de outubro de 2020 por meio do Portal e-Cidadania, atingiu em 2 de novembro os 20 mil apoios necessários para transformar-se em sugestão legislativa — até aquela data, a ideia ultrapassa os 27.900 apoios. Caso aprovada pela comissão, a sugestão se tornará um projeto de lei. A ideia legislativa foi apresentada pelo cidadão paranaense Vito Angelo Duarte Pascaretta, sob o argumento de que “As Forças Armadas Brasileiras necessitam da bomba nuclear para dissuadir interferência estrangeira em nosso território nacional”. E complementa: “A Amazônia Brasileira é nossa!”. Na forma da Sugestão 31/2020, a ideia foi encaminhada em 16 de novembro para a apreciação da CDH, onde aguarda designação do relator. Qualquer cidadão pode apresentar uma ideia legislativa no portal e-Cidadania.

Isolados

O procurador da República Fernando Merloto Soave investiga o ingresso irregular de missionários na Terra IndígenaI (TI) Hi-Merimã, habitada por índios em isolamento voluntário, localizada no município de Lábrea.

Indígenas

Segundo o Ministério Público Federal (MPF) foi reportada a invasão por parte do missionário norte-americano Steve Campbell na TI colocando em risco a integridade física desse povo indígena isolado.

Contrato

Uma empresa de Manaus, Teclab da Amazônia Comércio de Equipamentos e Materiais de Laboratórios Ltda., foi selecionada pela Secretaria Nacional de Segurança Pública para fornecer maletas para exames periciais em local de crime pelo valor de R$ 6,1 milhões.

Monitoramento

O Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa/MCTI) apresentou o Projeto Ieté no I Encontro de Empreendedorismo e Inovação da Amazônia, que aconteceu nesta semana no Centro de Biotecnologia da Amazônia (CBA), no Distrito Industrial. Desenvolvido em parceria com a Samsung, o projeto Ieté tem como objetivo a instalação de uma rede de monitoramento ambiental na bacia hidrográfica do Educandos.

Anúncio