Conhecido no TCE, Pauderney tem interesse especial no Incra

Avelino é conhecido no TCE, onde já foi condenado a devolver R$ 4,6 milhões aos cofres da Prefeitura de Manaus

Manaus – Alvo de investigação no Tribunal de Contas do Estado (TCE) a gestão de Pauderney Avelino, o ex-deputado federal pelo Amazonas tem histórico pessoas próximas enroladas com a Justiça. Hoje à frente da Secretaria Municipal de Educação (Semed) a gestão está sendo acompanhada pela Secretaria Geral de Controle Externo do TCE. Avelino é conhecido no TCE, onde já foi condenado a devolver R$ 4,6 milhões aos cofres da Prefeitura de Manaus. Este é mais um dos casos em que se envolve ao ocupar um cargo estratégico para tentar retornar a uma cadeira no parlamento. E há um interesse estratégico em apontar nomes para o Instituto Nacional de Colonização e Reformas Agrária (Incra), onde já foi alvo de representação por ter entregue terras para obter retorno de votos, ao ser citado por abuso de poder econômico e condutas vedadas. Hoje, o Incra está na mira da Polícia Federal, como a Operação Constantino, deflagrada em meados de março, que apura grilagem e queimadas em terras da União com a participação de servidores do órgão.

Em risco

Alvo de piadas por ter apagado se suas redes sociais fotos ao lado do governador, a qual é líder na Assembleia Legislativa, a deputada Joana Darc terá que provar sua denúncia sobre pagamentos recebidos por deputados na eleição da nova Mesa Diretora, sob pena de colocar o mandato em risco.

Grilagem

A pedido da Polícia Federal, a 7ª Vara Federal Ambiental e Agrária da Seção Judiciária do Amazonas. determinou o sequestro de R$ 17 milhões dos investigados na Operação Constantino que apura grilagem em terras da União. As investigações apontam para pessoas que atuam dentro do órgão do setor, o Incra.

Campanha

O deputado estadual Fausto Jr. (MDB) defendeu, nesta quinta-feira, realização de campanha de conscientização sobre a importância da segunda dose da vacina contra o coronavírus. A ideia é unir esforços para alertar a sociedade sobre os riscos de quem não tomou a segunda dose da vacina.

Vacinação

O deputado sugeriu também ao governo do Estado que faça um planejamento antecipado do impacto econômico causado por uma terceira onda da pandemia.

Anúncio